Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis

Rating: 2.7/5 (205 votos)


ONLINE
1








 Federação Baiana das Assoc. de Guarda Municipais 
Informações do Estado da Bahia

 

 

o).

Estado da Bahia
Bandeira da Bahia
Brasão da Bahia
(Bandeira) (Brasão)
Lema: "Per ardua surgo"
(Pela dificuldade venço)
Hino: Hino da Bahia
Gentílico: baiano, baiana

Localização da Bahia no Brasil

Localização
 - Região Nordeste
 - Estados limítrofes Sergipe (NE), Alagoas (NE), Pernambuco (N), Piauí (N e NO), Tocantins (NO e O), Goiás (O e SO), Minas Gerais (SO, S e SE) e Espírito Santo (SE)
 - Mesorregiões 7
 - Microrregiões 32
 - Municípios 417
Capital Salvador
Governo 2007 a 2010
 - Governador(a) Jacques Wagner (PT)
 - Vice-governador(a) Edmundo Pereira Santos (PMDB)
 - Deputados federais 39
 - Deputados estaduais 63
 - Senadores Antônio Carlos Magalhães Júnior (DEM)
César Borges (PR)
João Durval (PDT)
Área  
 - Total 564 692,669 km² () [1]
População 2009
 - Estimativa 14 637 364 hab. ()[2]
 - Censo 2000 13 085 768 hab.[3]
 - Urbana 8,772,348 hab.
 - Densidade 25,92 hab./km² (15º)
Economia 2007[4]
 - PIB R$109.651.844.000 ()
 - PIB per capita R$7.787,00 (19º)
Indicadores 2008[5]
 - Esper. de vida 72,3 anos (12º)
 - Mort. infantil 32,4‰ nasc. (21º)
 - Analfabetismo 17,3% (20º)
 - IDH (2005) 0,742 (19º) – médio[6]
Fuso horário UTC-3
Clima Equatorial, tropical com estação seca e semiárido[7] Af, As, Aw, BSh
Cód. ISO 3166-2 BR-BA
Site governamental www.bahia.ba.gov.br

Mapa da Bahia

A Bahia[5][6][8][9] é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está situada ao sul da região Nordeste e é o maior estado da região, fazendo limites com 8 outros estados federados brasileiros, a saber: Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Piauí (N); Tocantins e Goiás (O); Minas Gerais e Espírito Santo (S). A leste, é banhada pelo Oceano Atlântico e tem, com 900 kms a mais extensa costa de todos os estados do Brasil com acesso ao Oceano Atlântico. Ocupa uma área de 564 692,669 km², sendo pouco maior que a França. Dentre os estados nordestinos, a Bahia é o maior, o mais rico e o estado que mais recebe turistas.

A capital estadual é Salvador. Além dela, há outras cidades influentes como as capitais regionais Feira de Santana, Vitória da Conquista, a conurbação formada por Itabuna e Ilhéus, Barreiras e a conurbação entre Juazeiro e Petrolina,[10] esta última é um município pernambucano e "núcleo" junto com Juazeiro da RIDE Pólo Petrolina e Juazeiro. A essas somam-se por sua população e importância econômica, três municípios integrantes da Grande Salvador: Camaçari, Lauro de Freitas e Simões Filho; e os municípios interioranos de Alagoinhas, Jequié, Teixeira de Freitas, Porto Seguro e Paulo Afonso.

Parte mais antiga e primeiro núcleo de riqueza açucareira da América portuguesa, recebeu a Bahia imenso contingente e enorme influência de trabalhadores compulsórios africanos, trazidos pelos colonizadores europeus para seus engenhos e fazendas, em especial do Golfo da Guiné, das antigamente chamadas costas dos escravos, da pimenta, do marfim e do ouro, no oeste africano, com destaque para o país iorubá e o antigo reino de Daomé. Diferentemente disso, muito depois, o Rio de Janeiro recebeu escravos de Angola e Moçambique. Assim a influência da cultura africana na Bahia permanece em destaque, na música, na culinária, na religião, no modo de vida de sua população, não só ao redor de Salvador e Recôncavo baiano, mas principalmente em toda a longa e bela costa baiana. Um dos símbolos mais importantes do estado, é a da negra com o tabuleiro de acarajé, vestida de turbante, colares e brincos dourados, pulseira, saias compridas e armadas, blusa de renda e adereços de 'pano da costa', a típica 'baiana'.

Foi na Bahia, entre Santa Cruz de Cabrália e Porto Seguro, que a frota de Pedro Álvares Cabral ancorou, no ano de 1500, marcando o descobrimento do Brasil. Em 1º de novembro de 1501, o navegante genovês Américo Vespúcio, a serviço da Coroa portuguesa, descobriu/batizou a baía de Todos-os-Santos, maior reentrância de mar no litoral desde a foz do Rio Amazonas até o estuário do Rio da Prata. A povoação formada nessas margens tornou-se a primeira sede do governo-geral em março de 1549 com a chegada do fidalgo Tomé de Sousa, a mando do rei D. João III de Portugal para fundar a que seria, pelos próximos 214 anos, a cidade-capital da América Portuguesa.

É conhecida como a "A terra da felicidade", isso por causa de sua população alegre e festiva, fatos que contribuem para o seu alto potencial turístico, que vem sendo muito explorado através de seu litoral, o maior do Brasil, da Chapada Diamantina, do Recôncavo e de outras belezas naturais e de valor histórico e cultural.

Apesar de ter a sexta maior economia do Brasil, com o PIB superior a 90 bilhões de reais, são quase sete mil reais de PIB per capita. Isso gera o quadro em que a renda é mal distribuída, e se reflete no IDH: 0,742 em 2005, o nono pior do Brasil, equivalente ao IDH de 2005 do Sri Lanca, que é o 99º do mundo com 0,743. Além do IDH, reflete também na esperança de vida de 71,4 anos, 12º em 2005 no Brasil, na mortalidade infantil de 34,5 mortes em 2007-2008 a cada mil nascidos, 7º pior do Brasil, e no analfabetismo de 15% da população baiana, 8º pior do Brasil em 2006.

Índice

[esconder]

 
Criar um Site Grátis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net